domingo, 30 de novembro de 2008

O Lançamento do livro “A Padeira de Aljubarrota”

Foi ontem que lançei o meu mais recente livro: “A Padeira de Aljubarrota”, no Armázem das artes em Alcobaça.

O dia estava difícil, muita chuva e frio, mas os amigos foram persistentes e foram em massa.

A sessão inciou-se com uma apresentação do Escultor José Aurélio e uma breve apresentação da Editora 7 dias 6 noites.

Depois seguiu-se a nossa encenação: Sobre o palco,  aparecemos (eu e a Susanne) as duas vestidas de Padeiras, sem esquecer a inubitável pá e o cesto do pão.

Foi um prazer contar esta  história e senti-me uma verdadeira padeira de Aljubarrota, uma mulher forte e audaz.

A Susanne  teve ainda oportunidade de explicar como se pode trabalhar com pasta de açucar e juntamente com as crianças construiu um ratinho, uma das figuras que faz parte da ilustração do livro.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

A Padeira como inspiração

A nossa Padeira de Aljubarrota  é uma mulher célebre e vai servindo de inspiração a vários artistas.
Espero que o meu livro venha ajudar as crianças a conhecer melhor esta figura carismática da nossa História.

sábado, 8 de novembro de 2008

Convite Aberto para o Lançamento do Livro: "A Padeira de Aljubarrota"

Finalmente...
Já está todo pronto para o lançamento do meu 3º livro.

Vai ser no proximo dia 29 de Novembro (um sábado) às 17:00, no Armazém das Artes, em Alcobaça.

Gostava muito de contar com a tua presença, por isso aqui tens o meu convite.

Traz as tuas crianças (filhos, netos, sobrinhos, afilhados, amigos dos filhos, etc.) elas vão gostar muito.
Eu prometo-te...

  View Larger Map

domingo, 2 de novembro de 2008

Novo livro para o Natal

No dia 29 de Novembro irei lançar o meu terceiro livro, através da editora  “7 dias 6 noites”.
Por enquanto ainda não vou desvendar o nome do livro.

Mas…

Vai falar, como é óbvio, de uma figura da História de Portugal...
Essa figura é uma Mulher e é forte...
O número sete é o número mágico...
De uma pá  irei falar...
Já descobriste?
Vou deixar-te esta pista…

sábado, 1 de novembro de 2008

Carta aos responsáveis de Livrarias, Bibliotecas, Infantários, Creches, Pré-Escolas, ATL’s, Escolas Primárias, e outros Estabelecimentos afins

A colecção “Contado aos Pequenotes”, pretende levar as crianças a entrar, muito suavemente… no maravilhoso mundo da História de Portugal.

Como o nome da própria colecção – “Contado aos Pequenotes” , o denúncia, o meu principal objectivo é ir junto das crianças (dos 2 aos 12 anos) e contar-lhes as minhas estórias da História de Portugal.
E felizmente, é isso mesmo que tem acontecido.

Desde o lançamento dos meus livros, tenho tido imensas solicitações para os apresentar em livrarias, bibliotecas, infantários, creches, pré-primárias, primárias, Escolas do 2º Ciclo e ATL’s, aos quais tenho respondido, com muito prazer.
Esta experiência, de contar a estória a crianças – tenham elas 2 ou 12 anos, e depois ver como, de grupo para grupo, de idade para idade, as reacções e solicitações são diferentes, tem sido maravilhosa, mas simultaneamente muito exigente, pois requer de mim toda a minha sensibilidade de mãe de três filhos, e toda a minha experiência de professora de História. Tem efectivamente sido um enorme desafio, que encaro com muito prazer e sempre com uma curiosidade renovada, e por tal motivo gostaria muito de partilhar esta minha alegria de contar estórias, com as vossas crianças.

Para agendar visitas:
Vanda Furtado Marques
tel. 91 495 60 66

vanda.f.marques@gmail.com

Contos de Fadas II

Os Contos de Fadas são a  inspiração para as minhas histórias.

Vou sempre buscar algo da sua estrutura, para o enredo das histórias, pois como diz a psicóloga Brasileira Fanny Abramovich: “(…) Os contos de fadas existem há milénios, em diversas culturas, em todos os continentes existem histórias com estruturas e narrativas semelhantes aos contos que conhecemos. (...)  Apenas para citar um exemplo: A história da Cinderela, tem um registo de narrativa muito semelhante à sua, na China do séc.. IX d.c.”.

Elementos que estruturam um conto  de Fadas:
- Situação Inicial;
- Conflito;
- Antagonismos ou elementos do malévolo;
- Herói /heroína;
- Objecto Mágico;
- O Motivo;
- Resolução dos conflitos / Final.

Estes contos são muito simbólicos e respondem ao universo da criança:
- Era uma vez...
- Num Reino Encantado…
- Há muitos, muitos anos...
- Num lugar distante...

Com esta narrativa temos um princípio, um meio e um fim, ficando assim a criança a perceber a existência de uma tipologia que não é sua, ela é inteiramente pertencente a um mundo imaginário.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin