domingo, 6 de maio de 2012

O amor verdadeiro… o amor incondicional.

 

image

Segundo a jornalista Maeve Vida , a maior doença das nossas crianças é a solidão. A cura dessa epidemia causada pela falta de amor verdadeiro?

Estar mais presente na vida das nossas crianças, saber escutá-las, saber conversar “olho no olho” (conversa de almas), saber se colocar no lugar delas (empatia), saber ser cúmplice sem passar pela manipulação ou generosidade passional, envolvê-las com carinho e afecto, ampará-las e acompanhá-las (compreendê-las) nos seus momentos de dificuldades e desafios inevitáveis do crescer.

Tudo isso é educar, seja você um pai, mãe, tios, avós, professores ou qualquer ser humano diante da oportunidade de Estar com uma criança. Tudo isso são as verdadeiras formas de colaborar muito para uma vida melhor: daquela criança .

O exercício do convívio estimula o companheirismo, o respeito, o aconchego, a troca: a gratidão e compaixão.

Pessoas felizes são plenas, portanto capazes de ultrapassar seus limites, são capazes de se unir e vibrar no amor. Então, o resultado da somatória de 1 + 1 será muito maior que 3. É quando o amor reina absoluto e tem a força de se propagar em super ondas. Há a sensação do todo formado por milhares de corações pulsando, harmónicas, ritmados, prontos para viver de bem com a vida.

A sensação de fazer parte de um todo  torna- nos mais solidários e amorosos. Se todos se atentarem a isso e colocarem em prática, haverá mais harmonia entre os povos e, independente das intempéries climáticas e de toda a solidão que assola nossas crianças de hoje, estaremos unidos para mais uma vez reerguermos cidades e a dignidade.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin