segunda-feira, 15 de setembro de 2008

O Milagre de Isabel e Dinis no Jardim de Infância da Azambujeira

Na sexta-feira, 12 de Setembro, veio-me parar às mãos, o jornal do Agrupamento da Benedita: "Pedra Filosofal" e foi com muita alegria que li um artigo lindíssimo sobre a minha ida ao Jardim de Infância da Azambujeira.
Não resisti  e decidi, partilhá-lo.
Está verdadeiramente delicioso... Parabéns Educadora Paula

“Aconteceu uma magia!...” Carolina
“...veio cá a professora Vanda...” António
“...e contou a história...” Madalena
“…do Milagre das Rosas...” Luís
“...não, da Isabel e do Dinis!” Martim

“A professora Vanda deixou as rosas caírem no chão!...” Luís
“...isso foi quando o D: Dinis na história perguntou a Dona Isabel o que tinha no regaço, ela disse que eram rosas!” Madalena

“O D. Dinis precisava de plantar pinheiros para a água não ir para o outro lado!...” Joana
“...para não estragar as hortas.” Madalena

“Depois começaram a fazer luta o D. Dinis e o filho!... Luís
“...apareceu a Rainha no meio..." Carolina
“...montada num burro!...” Madalena
“...e disse assim: - Só saio daqui quando acabarem a luta.” Anita

“Quando D. Dinis morreu a Dona Isabel foi para um convento!...” Madalena
“...de freiras!” Joana

“Quando acabou de contar a história, escreveu no livro e autografou…” António
“...e depois pôs estrelinhas e pozinhos nas nossas mãos!...” Madalena
“…e depois nós esfregámos na cara!...” António
“...para a magia entrar em nós para nós sermos amigos.”

“A visita da prof. Vanda foi gira...” Anita
“...tinha uma coroa de oiro!...” Luís
“...e um pano branco na cabeça!...” Joana
“...era um lenço porque no tempo das rainhas, elas eram muito brancas e não se queriam queimar com o sol!...” Madalena
“...porque elas viam as veias e diziam que eram de sangue azul!” António

“A prof. Vanda escreve a história depois manda-as para uma menina e ela faz os desenhos!...” António
“...é a Susana.” Martim

Obrigado e muitos beijinhos para os meninos do Jardim de Infância da Azambujeira.

1 comentário:

aurea disse...

Mais uma vez estás de parabens, pelo que consegues transmitir,com as tuas histórias, a todas essas crianças.É por essa grande simplicidade que sempre se há-de dizer "O melhor do mundo, são as crianças"
Aquela "redacção" está o "Máximo" não esqueceram nada...
Um grande beijo

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin