sábado, 23 de maio de 2009

Teatro “Para sempre era uma vez, o Amor de Pedro e Inês”

É com este esplêndido grupo de teatro, que eu tenho o privilégio de narrar a  peça  “Para sempre era uma vez o amor de Pedro e Inês”Jornal Região de Leiria

“Os ensaios, da peça ‘Para sempre era uma vez, o amor de Pedro e Inês’, decorrem quatro vezes por semana, entre o Mosteiro de Santa Maria [Mosteiro de Alcobaça], auditório Biblioteca Municipal e Cine-teatro.
Bruno, Carla, Felisbela, Hélder, João Carreira, João Murraças, Marco, Fátima, Pedro, Sérgio e Tânia são os utentes do CEERIA que dão voz e corpo às personagens que compõem a história. Juntam-se em palco também Olga Santos, mãe de um dos protagonistas, bem como a escritora Vanda Maria Furtado Marques, que narra a história.
A persistência e dedicação de Sandra Coelho, encenadora e actriz, Rui Clemente, coreógrafo e actor, são as traves mestras deste projecto, que decorre no âmbito de Centro de Actividades Ocupacionais, coordenado por Goreti Peça. Os adereços de cenografia utilizados em palco foram construídos na Oficina de Azulejo, ministrada José Luís Borda.”

notícia retirada da Jornal Região de Cister

2 comentários:

aurea disse...

Sem dúvida que é uma grande peça e um grande grupo. Dá gosto ver a alegria com que eles a representam.
Vi o grupo na Benedita e deliciei-me.Espero voltar a ver a peça mais vezes.
Parabens aos encenadores. Parabens a todos os elementos do grupo com um grande beijinho.

Sandra Coelho disse...

Uma querida esta amiga Vanda! venho mais uma vez agradecer a tua disponibilidade por teres estado conosco no Mosteiro de Alcobaça. Como sempre foste uma mais valia e enriqueceste o nosso teatro. Eu como não podia deixar de ser com os meus nervos nem te chamei ao palco, desculpa, pois merecias! Agora encontamo-nos para o terminus desta peça na Quinta das lágrimas. Um abraço.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin