sábado, 26 de fevereiro de 2011

A menina que tropeçava nas letras

image

Era uma vez uma menina que andava sempre com um saquinho de pano no bolso da saia.

Sim, esta menina tinha um poder especial, ela consegui perceber quando as pessoas deitavam as palavras fora e por isso as letras metiam-se com ela.

Um dia, ela fartou-se de dar  chutos e tropeçar  nas letras que andavam pela chão … às vezes ficava com o pé preso no X, outras vezes , levava com o R nas canelas, o pior  mesmo, era quando o I se prendia nos sapatos  e soltava-se um som horripilante…IIIIIIIIIII. As pessoas não paravam de olhar para ela  e tapavam os ouvidos. Ás vezes diziam-lhe

-Menina veja lá se muda de sapatos, que esses fazem um barulho insuportável.

Ela ficava vermelha com um tomate e batia com os pés no chão e para ver se o I se soltava da sola.

Certo dia, a menina fartou-se de ver as palavras espalhadas pelo chão e pediu à mãe :

- Mamã arranjas-me um saquinho de pano, tens cá em casa algum?

-Tenho um, que usava quando era da tua idade.

A menina ficou tão contente, finalmente ia deixar de tropeçar nas letras, agora ia apanhá-las e guardá-las no saquinho mágico.

No dia seguinte, parecia que as pessoas tinham-se fartado de deitar” palavras da boca para fora”, a rua estava cheia de letras amarfanhadas e zangadas. Com muito cuidado, a menina apanhou-as  e colocou-as no saquinho.

As letras, estavam agora aconchegadas no saco e  muito satisfeitas.

Quando chegou a casa, foi abrindo o saco com muito carinho e de lá de dentro soltaram-se palavras Maravilhosas… Obrigado, Maravilha, Carinho, Amor, Ternura , Amizade, Compreensão, Solidariedade e muito mais.

Foi então, que  a menina percebeu o que as letras lhe estavam a dizer , assobiou para elas e disse-lhes:

- Venham comigo, tenho uma ideia super especial.

As letras enfiaram-se no saco e a menina correu para a rua e  disse:

- Com a ajuda do poder da magia e do universo, faz com que as pessoas sintam as palavras que não são verdadeiras a cair das suas bocas…

Bem… o dia tornou-se complicado, de repente as pessoas começaram a babar-se de palavra e letras que iam caindo para o chão,estas ficaram tão assustadas,  que  começaram a culpar-se  umas às  outras.

Esta maluquice durou, até que a menina com um megafone gigante disse:

- Que tal experimentarem soltar palavras vindas do coração, com sinceridade e amor!

Primeiro, voltaram a zaragatear, mas depois acharam melhor , experimentar.

Foi verdadeiramente fantástico… as palavras que se criaram no ar.

Agora, o saquinho voltou a ficar guardado, não vá ser preciso um dia destes ser usado por outra menina.

Escrito por:

Vanda Furtado Marques

Sem comentários:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin