segunda-feira, 7 de março de 2011

O tricô que aconchegou a Natureza

 

my so called scarf

Era uma vez, uma senhora bem velhinha que adorava tricotar.

Passava os dia inteiros a dar às agulhas e a fazer cachecóis coloridos.

Acho que não havia ninguém lá em casa que não tivesse cachecol, o gato , o cão, os periquitos, os peixes  e até as formigas, tinham minis cachecóis.

Um dia gastou-se a lã, e a senhora bem velhinha pegou no seu cestinho  e foi à rua comprar novelos.

Entrou numa loja, que ela nem se lembrava que existia, mas era tão bonita e tinha umas prateleiras gigantes cheias de novelos de mil cores , que não resistiu e encheu o cesto.

Quando ia para  casa, ouviu as pessoas nas ruas muito preocupadas,  com a vaga de frio as árvores e plantas da cidade estavam a morrer congeladas. Seria uma catástrofe…

Que estranho pensou ela, e foi para casa a pensar no assunto.

Foi, então que teve uma ideia verdadeiramente brilhante “ se eu fizer cachecóis para  as árvores e flores elas vão ficar mais quentinhas e vão melhorar.

Passou a noite a tricotar, e desta vez algo de estranho acontecia , os novelos parecia que ganhavam vida e rodavam para ela mais rápido tricotar.

Na manhã seguinte, com o cestinho cheio de cachecóis coloridos , foi pondo um a um nas árvores e nas flores enregeladas. Assim que a senhora envolvia o cachecol nas árvores e flores, estas pareciam que sorriam e suspiravam de satisfação.

Um grupo de pessoas, ao ver os cachecóis nas árvores e flores, desatou a rir ás gargalhadas e disse para a senhora:

- Nunca vimos parvoíce tão grande, alguma vez se viu, flores e árvores com cachecóis às riscas! Ah ah ah …

A senhora continuou a tarefa, mas o seu coração encolhia de tristeza, por ver tanta crueldade no peito das pessoas.

Nessa noite voltou a pegar nas agulhas e com a ajudas dos novelos mágicos fez centenas e centenas de cachecóis .

De manhã, bem cedinho, a senhora foi aconchegando mais cachecóis nas flores que entretanto passavam a ganhar cor e esticavam as suas pétalas. Depois foi a vez das árvores serem enroladinhas e também elas, ganharam cor e vida.

A senhora,  cheia de satisfação continuava a sua tarefa, as pessoas iam-se juntando à sua volta, riam  às gargalhadas e comentavam:

- Estas pessoas que acham que podem salvar o mundo, deviam era ser expulsas e presas para ninguém as imitar.

A senhora continuava a caminhar, mas os pés já lhe pesavam e as costas doíam de tanto  caminhar.

Foi, então que uma menina pequenina, com os olhos cheios de lágrimas disse:

- Vocês, ainda não perceberam que esta senhora está cansada de tanto andar e que graças a ela a nossa natureza está a desabrochar?

As pessoas olharam em volta e viram as flores e as árvores a despertar , onde antes se via secura e aridez , agora saltava aos olhos, o colorido dos cachecóis e um enorme sorriso estampado na cara das árvores e flores.

   Vale a pena agir, mesmo que contra a corrente , invés de  passar a vida na mediocridade e a criticar os outros.

Escrito por Vanda Furtado Marques

Sem comentários:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin