terça-feira, 30 de novembro de 2010

Muitas muitas Estrelinhas da Amizade vão chegar a Moçambique e a Cabo Verde

 

Hoje, fui ao Centro Paroquial de Turquel  contar a minha  história do" Rei e da Estrela" .

A varinha mágica  que soltou magicamente pós de perlimpimpim "abriu o caminho para mundos de encantar... depois foi a vez da estrelinha amarela, amarelinha contar as suas aventuras e peripécias, onde sabiamente teve  que lidar com um Rei Poderoso e vaidoso que se achava dono do mundo.

Uma cana de pesca, um avião de papel que voou sobre a cabeça das crianças, uma fisga que lançou a estrela de novo para o céu.... tudo isto fez parte da encenação .

Mas, não ficamos por aqui... cada criança recebeu  uma estrela da amizade que irá pintar e decorar com a ajuda dos pais

  Transcrevendo do texto, que o Centro Paroquial enviou para os pais"Em Solidariedade com a Campanha " O meu Primeiro Livro"Também nós decidimos participar e, para tal enviaremos às crianças de Moçambique e Cabo Verde, uma Estrela da Amizade que iluminará com mais força quem a receber...."

É muito gratificante poder ter estes momentos com as crianças  .... e colaborar para criar momentos de solidariedade e partilha .

 

       image         image

 

image                                  image

Aqui estão no cestinho, as Estrelinhas da Amizade...

domingo, 28 de novembro de 2010

Espreitem este blog delicioso” Milsorrisoscoloridos.blogspot.com

milsorrisoscoloridos.blogspot.com

 

Verdadeiramente delicioso…

 

“Ontem foi um dia muito especial pois a nossa sala transformou-se num ambiente mágico onde os pozinhos de perlimpimpim se faziam sentir...A floresta encantada resplandecia de luz...a casa da Carochinha brilhava...a árvore não é a de Natal mas sim a da história... A toalha da mesa eram os livros das histórias de encantar...os bolos foram decorados com a bola de cristal e com os sapatinhos das fadas...não faltou o duende e um "bolinho das fadas" para levarem para as mães...

Tia Verinha

Educar para a perseverança

 

É um valor fundamental na vida para obter um resultado concreto. Com perseverança obtém-se  a fortaleza e isso  permite-nos, não nos deixarmos levar pelo fácil e pelo cómodo.

O estudo sempre implica paciência e perseverança para sua conclusão. Por isso, é muito importante que a criança aprenda a ser perseverante. Isso contribuirá para sua estabilidade, confiança em si mesma e maturidade.

Aprender a ser perseverante

A perseverança  aprende-se  com exemplos. Que os pais, assim como os professores das crianças, lhes ensinem o que é ser perseverante através de suas acções. Teremos êxito, se formos constantes em nossas actividades e conseguirmos prever os obstáculos, se temos firmeza frente às dificuldades, se enfrentamos os desafios sem medo, com um compromisso pleno e decidido para cumprir com nossa tarefa.

A criança pode aprender a ser perseverante:

- Nos estudos

- Com os problemas e dificuldades

- Brincando, perdendo ou ganhando

- Com suas fantasias e metas

- Tendo o apoio dos seus pais

- Sabendo que pode aprender das experiências boas e más

- Aprendendo que vale a pena lutar pelo que se quer

- Quando tem que cumprir uma tarefa para conseguir o que se quer

- Tendo em conta seus triunfos e êxitos

- Recebendo os parabéns pelas suas boas notas

- Identificando seus erros e suas falhas e tentar não os repetir

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A riqueza das palavras das crianças

 

BILD2282 

Estive a contar a História do D. Nuno, O Santo Cavaleiro na Escolas do Carvalhal , Peso, Casal da Marinha e Relvas.

Quase todas as crianças quiseram dizer o que  tinham aprendido e o que tinham sentido ao ouvir a história. As partilhas que resultaram destas conversas são riquíssimas  e as crianças conseguem sempre surpreender-nos.

Ora vejam só:

“ Esta história fez-me ver que nós nunca devemos desistir de lutar pelos nossos sonhos”

“ Eu aprendi que um dia, também poderei ser Santa”

“ Percebi que o mais importante  não  é ser rico e ter muito dinheiro , mas sim,os amigos e a família”

“ Devemos partilhar as nossas coisas e ajudar os doentes”

“ A humildade é muito importante”

“ Devemos ouvir o nosso coração e não ligar tanto ao que os outros dizem”

“ Eu descobri que quero ser cavaleiro”

“ Eu acho que não devemos ser egoístas”

“ Devemos respeitar as decisões dos outros”

“ O D. Nuno não era um rei, como eu pensava”

“ Só os que ficam pobres e dão tudo é que ficam santos”

“ Eu quero ser princesa e viver num castelo”

“ Podemos ser vaidosos, mas só um bocadinho”

“ O D. Nuno era amigo da Padeira e eles foram uns heróis”

domingo, 21 de novembro de 2010

Boas notícias…

GAZETA DAS CALDAS
Comprar o novo livro infantil de Vanda ...  «  Gazeta das Caldas  «  Rede Expresso  «  Blogues  « Página Inicial |

 

 

 


Comprar o novo livro infantil de Vanda Marques significa oferecer outro a crianças de África

Há nove anos, Vanda Marques escreveu um conto infantil para explicar à filha, de quatro anos, que por altura do Natal tinha uma extensa lista de pedidos para prendas, que não podemos ter tudo quanto queremos. O conto, onde um rei fez tudo quanto podia para ter uma das mais brilhantes estrelas só para ele, ficou guardado nas estantes, por entre os muitos livros de histórias da menina.

Gazeta das Caldas / Joana Fialho

15:28 Sexta feira, 19 de Novembro de 2010

Gazeta das Caldas - Comprar o novo livro infantil de Vanda Marques significa oferecer outro a crianças de África

Agora, tornou-se num livro - O Rei e a Estrela - e aquela que em tempos foi a história de uma menina promete tornar-se na história de muitos meninos e meninas, incluindo de alguns que não têm um único livro que os faça sonhar. É que o mais recente trabalho de Vanda Furtado Marques é o primeiro de uma colecção que a editora 7 Dias 6 Noites quer fazer chegar às crianças de Moçambique e Cabo Verde.
Foi perante uma plateia cheia de miúdos e graúdos que, no passado dia 6 de Novembro Vanda Marques, professora de História na Benedita, apresentou a sua primeira história infantil original. Mais um título a juntar aos já publicados que se debruçam sobre personagens marcantes da História de Portugal e lendas da região: Pedro e Inês, Rainha Santa Isabel e D. Dinis, D. Nuno Álvares Pereira, Padeira de Aljubarrota, D. Fuas Roupinho. ou a lenda da Fonte da Senhora, que está na origem da fundação da vila onde reside a autora.
Desta feita, é a beneditense Maria Lurdes Silva que ilustra a história do Rei do Mundo que, depois de ter levado avante o seu plano de ficar com a estrela, percebe que há coisas que existem para serem partilhadas. E foi a Rogério Raimundo, vereador do PCP na Câmara de Alcobaça, professor reformado e antigo presidente da Comissão de protecção de Crianças e Jovens do concelho, que coube a apresentação do livro.
Se "O Rei e a Estrela" é um "livro que promove os valores", garante a própria autora, Rogério Raimundo salientou que "é bom que cada um de nós se interrogue sobre quais são os nossos valores e o que devemos valorizar". Salientando o colorido do novo livro, e dirigindo-se tanto às crianças como aos pais que se juntaram naquela tarde no Centro Cultural Gonçalves Sapinho, o vereador sublinhou a importância de "colorir a vida" a cada dia que passa. "Nos dias que vivemos e nas viagens que fazemos temos que reparar nas cores da Natureza, nas cores da Vida", apelou.
Para Rogério Raimundo, as cores de "O Rei e a Estrela" são ainda mais alegres dado que ao comprar um livro, se recebe dois. O segundo exemplar vai para Moçambique e Cabo Verde, para colorir a vida e os dias de meninos e meninas que não querem tudo, apesar de terem muito pouco.
Uma iniciativa da editora 7 Dias 6 Noites, que junta a Vanda Marques nomes tão conhecidos como João Tordo, Hélder Reis, Francisco Fernandes ou Tânia Ribas de Oliveira. A campanha "O Meu Primeiro Livro" vai decorrer durante um ano e pretende levar a magia dos contos infantis a crianças de escolas moçambicanas e cabo-verdianas, "que na maior parte dos casos não possuem um único livro", sublinhou Manuel Reis, da editora.
Cada leitor que participar nesta campanha tem a oportunidade de escrever uma dedicatória às crianças que depois vão receber os livros. "A única condição que pus foi eu próprio acompanhar a distribuição, para ter a certeza que os livros chegam mesmo lá", garantiu.
A integração de "O Rei e a Estrela" na campanha "O Meu Primeiro Livro" é um motivo de orgulho para Vanda Marques. "Para mim é uma coisa muito especial e sinceramente não pensei muito no facto de me associar a autores tão conhecidos. O que eu valorizei mesmo foi o facto de a minha história chegar àqueles meninos e meninas", referiu à Gazeta das Caldas.
"O Rei e Estrela" já está disponível nas livrarias e lojas da especialidade. Em 2011 Vanda Marques regressa às personagens marcantes da nossa História, com o lançamento do livro "A Herança de Filipa e João

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Vamos ser solidários…


NOTA DE IMPRENSA

Autores juntam-se em campanha de solidariedade por escolas moçambicanas e cabo-verdianas.
Nota de Imprensa em PDF

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Era uma vez … no Jardim de Infância da Benedita

Após lhes ter lido a minha história do Rei e da Estrela… 

Estas crianças acharam que o Rei mau queria ter tudo… e depois não ficava nada para eles comprarem.

Realmente o consumismo está muito enraizado na nossa sociedade.

Gostaram muito de saber que a estrelinha deu uma lição ao Rei, sem lhe ter feito mal, foi através de uma conversa e de um abraço que o Rei Poderoso e Maldoso se apercebeu que tinha de fazer uma mudança… tornar-se um Rei do Povo que sabia  amar e partilhar.

Adorei criançada…

    image                                           image

image

domingo, 14 de novembro de 2010

Deixem-se levar pelas histórias de encantar – Uma excelente terapia

 

image 

As  histórias de encantar oferecem-nos valores que andam esquecidos: honestidade, honra, coragem , partilha, enfim um sem número de valores, que ao estarem envoltos pela fantasia entram mais facilmente nos nossos corações. Para enfrentarmos a dureza do mundo precisamos de nos evadir e sonhar.

Esta é a minha terapia preferida para enfrentar o mundo de uma foram sorridente. Aliás, acho que se  todos os dias tivéssemos oportunidade de ler uma pequena história de encantar andaríamos mais felizes e seriamos  mais atentos e cuidadosos com os outros.

Já  J.R.R.Tolkien chamava atenção sobre as histórias de Fantasia na sua palestra “Sobre as Histórias de Fadas”, que ele proferiu na Universidade de St. Andrews, na Escócia, em 1937, e que acho importante sublinhar: muitos críticos acusam a Fantasia de ser uma literatura escapista. Mas, de acordo com o autor de “O Hobbit”, não se trata de uma “deserção” da realidade, senão de um “escape” em busca de alento para continuar a enfrentar um mundo que às vezes se faz incompreensível e extremamente duro e injusto – e não é a “injustiça” a principal reclamação do adolescente diante das negativas do mundo adulto? Este “escape”, diz Tolkien, é para voltar revigorado ao quotidiano – e é assim que eu me sinto quando leio uma boa história de Fantasia.

sábado, 13 de novembro de 2010

Uma história para vocês…

As meninas que distribuíam corações

clip_image002

Há muitos, muitos anos quando nós ouvíamos e respeitávamos os conselhos da mãe-terra, tudo era tão mágico.

O sol, todos os dias acordava com um sorriso de orelha a orelha, mesmo naqueles dias, em que era a irmã chuva que tinha o privilégio de subir ao céu.

Cada um sabia esperar pela sua vez, até faziam filinha, como na Escola.

Imaginem só, que até havia o dia da chuva de corações.

Ah!.. esse dia era aguardado com grande ansiedade e emoção.

Nesse dia, as meninas do mundo mágico, levavam cestinhas com lacinhos rosa, e corriam pela rua fora, dando pequenos guinchinhos histéricos

Quando os corações amarelos, vermelhos e cor-de-rosa tocavam no chão, já havia um grupo de meninas a aninhá-los nos seus cestinhos.

Em casa, todos esperavam ansiosamente, pelo toque da campainha… Talim Talão.

Miraculosamente, a luz da lua iluminava as casas daqueles que precisavam de amor, gratidão, conforto e paz .

Depois, depois, uma menina de sorriso angelical tocava a campainha, abria o seu cestinho, colocava um coração entre as suas mãos delicadas e com um sopro de magia, todo o conforto do universo percorria o nosso corpo.

Aconteciam verdadeiros milagres… aquelas pessoas que estavam sempre zangadas, rasgavam sorrisos, aquelas que viviam tristes e sozinhas, descobriam  que afinal podiam ser felizes e até aquelas que acham que tudo se resolve com a guerra,   baixavam as armas e agitavam bandeiras de paz.

Pois, mas tudo isto acontecia, quando nós sabíamos ouvir a sabedoria da mãe- terra.

Escrito e criado por Vanda Furtado Marques

domingo, 7 de novembro de 2010

Como nasce um Livro?

 image image (Ilustrações minhas)

O livro “ O Rei e a Estrela” tem um valor afectivo muito grande para mim, pois esta história  nasceu há  dez anos atrás.

Estávamos por altura do Natal e a minha filha Sara ,que na altura tinha quatro anos, queria muitas e muitas prendas para o Natal. Foi então que decidi escrever uma história para lhe oferecer, onde ela percebesse que nós não podemos querer tudo… há valores mais importantes.

Escrevi a história, ilustrei-a e ofereci-lhe... foi aqui nasceu a minha grande vontade de ser escritora.

image image

 

A história ficou na gaveta, outra foram nascendo, até que pedi à Lurdes para a ilustrar… a pouco e pouco o livro foi nascendo…agora ilustrado por uma verdadeira artista.

 

image

Assim nasce um sonho…

sábado, 6 de novembro de 2010

Apresentação do livro “ O Rei e a Estrela”

 

Foi num ambiente estrelado e de encantamento que decorreu a apresentação do livro.

Adultos e crianças envolveram-se na magia das histórias e  a mensagem do amor ao próximo e da partilha

entrou nos nossos corações.

Tive também a sorte da editora 7 dias 6 noites ter iniciado o seu projecto de solidariedade por Moçambique, com O Rei e a Estrela, na compra de um livro, temos direito a um outro, que dedicamos para os meninos Moçambicanos.

Deste modo crianças,que nunca tiveram um livro, podem agora  ter o prazer da leitura.

Agradeço a todos que  me ajudaram na concretização deste projecto.

BILD3869                BILD3874

cenário estrelado                                                             ilustrações lindas da Lurdes Silva

BILD3879              BILD3884

a mesa dos   artistas ( antes de começar)                      O início da Apresentação       

 

 

BILD3890                           BILD3925 

O meu fato mágico…                                                                             Na hora da história…

BILD3920                        BILD3921

           Era uma vez… uma estrela amarela, amarelinha…

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Preparativos para o lançamento do livro

 

Já ando a preparar os cenários, estrelas e estrelinhas e  os adereços para criar um ambiente de magia.

Tintas pincéis, tesouras,  ajuda de alunos, de amigas, filhos … Obrigado!

Haverá um lanchinho para as crianças e muitas estrelinhas mágicas…

A azafama é tanta que até o meu gato está curioso.

            BILD3811                                   BILD3810

BILD3813

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Era uma vez… na EB1 de Santa Catarina

BILD3763 BILD3761

Com os grandes…

Muito atentos e conhecedores da História de Portugal

BILD3786 BILD3805

Com os pequeninos…

Muito enérgicos e encantadores

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin