segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

As crianças precisam de aprender a lidar com os desafios da vida

 

O que torna uma criança resistente ?

image 

- Ter EMPATIA (capacidade de se pôr na pele dos outros).

- Ser RESPONSÁVEL (saber ser útil, tomar decisões sozinho).

- Ter AUTOCONTROLO ter nas mãos os comandos da sua vida, sem esperar que os outros o façam e saber enfrentar as frustrações).

- Ser OPTIMISTA (não se deixar arrastar pela angústia e acreditar que podemos conseguir o que queremos se nos esforçamos para isso).

- Ter CORAGEM (encarar os erros como acidentes de percurso e lutar por aquilo que queremos).

- Ter gosto pela LEITURA (é com palavras que pensamos e nos organizamos. Quanto mais palavras a criança adquirir mais sentido o mundo terá).

Algumas Dicas:

- Deixe os seus filhos resolver os seus problemas e tomar decisões, quando muito dê-lhe pistas para o orientar, mas não viva a vida por ele.

- Peça para eles participarem nas regras de casa.

- Faça o seu filho sentir-se especial e amado.

- Seja o maior apoiante do seu filho, mas ajude-o- a ser realista.

- Deixe a criança adaptar-se às situações e não a ensine a ser vítima.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

A todos um Bom Natal

image

Quero agradecer a todos que me têm acompanhado nas minhas aventura com os pequenotes e desejar- vos um Bom  Natal ,com as palavras da minha filhota mais pequena:

Natal

Natal são as estrelinhas do céu, o amor de Maria e Jesus, a amizade, os avós e a família, enfeitar a casa com brilhantes e desembrulhar prendas.

O Natal é paz e amor.

Luísa ( cinco anos)

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Dança, Pintura e Hora de Conto... tudo em volta da história de D. Fuas

 

 clip_image002

 

Foi em Rio Maior, no Glow Space, Academia de Dança que se viveram momentos  verdadeiramente mágicos...

Foi um  encantamento iniciar este atelier, com movimentos de dança criativa, onde as crianças se iam exprimindo com movimentos livres, em volta da história do D. Fuas.

Seguiu-se um momento de relaxamento, onde as crianças foram convidadas a relaxar na floresta mágica ao som das flautas dos duendes, sentido o cheiro das flores, e em segurança num cantinho mágico e confortável.

Depois veio a expressão plástica, onde as crianças criaram três telas alusivas a história do D. Fuas.

Para fechar este atelier delicioso, seguiu-se a hora do conto, onde eu recriei o ambiente do imaginário do D. Fuas.

Foi mesmo uma lufada  de encantamento e de fantasia ... espero que se possam criar mais momentos destes.

 

image imageimage image

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Pai, Mãe...olhem para mim

 

Era uma vez uma menina bonita, muito bonita mesmo!

Os cabelos louros emolduravam-lhe um rosto delicado de princesa.

Só que esta princesa, tinha uns olhos tão tristes!

Será que  não tinha família?

Nao!..

O pai era famoso e  enchia- a de brinquedos e  viajava por todo o mundo.

A mãe era uma senhora muito fina e movia-se na alta sociedade.

Então e os olhos tristes?

Será que não tinha amigos?

Não!..

Era uma menina popular, até foi convidada para fazer de Cinderela na peça da Escola.

Mas, então... os olhos tristes?

Um dia ela contou-me:

-Sabes, que eu nunca estou com o meu pai, ele nunca veio à minha escola, se preciso falar com ele, faço-o por email, ou tenho de marcar hora.

-A minha mãe está demasiado ocupada com o seu ego, que nem sequer olha para MIM.

-Sinto-me tão sozinha.

Fiquei a tremer... sem saber o que dizer.

As únicas palavras que me saíram da boca foram:

- Queres um abraço?

A menina abraçou-se a mim e chorou  ... chorou...

Depois, limpou as lágrimas e disse-me:

- Vou para casa, fazer de conta que sou feliz ... pois porque não hei-de ser feliz  se todos os meus pedidos de prendas são satisfeitos?

Os meus pais não conseguem perceber que eu preferia que eles olhassem para mim com carinho   e me abraçassem com amor .

 

Disse-me adeus e fugiu a correr...

 

 

O que me entristece, é que esta menina é real e eu nada consegui fazer para a ajudar

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Mensagens estreladas

O livro do Rei e da Estrela tem suscitado uma onda de solidariedade entre as crianças...

A partilha, a paz e a amizade têm feito um brilharete.

 

image

 

image image

 

                    image

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

De que são feitas as estrelas?

 

 

Numa das minhas sessões de histórias, tive uma criança que me fez uma pergunta deliciosa.

- Vanda, de que são feitas as estrelas?

 

Reconheço que não estava à espera de tal pergunta, mas não me desmanchei e disse:

- Que tal, vocês me darem uma ajuda para responder à vossa colega?

Logo uma menina me disse:

- São feitas de sol e fogo...

Perfeito... disse eu" de sol, fogo, vento, chuva, mar ...

Outro menino muito entusiasmado:

-As estrelas são feitas de nós todos, de animais, plantas, são seres mágicos e nós nunca as devemos querer tirar do céu.

Outro menino disse:

- As estrelas são feitas do pó magico que há na terra...

Eu estava emocionada... com a subtileza das crianças.

Depois desta pequena conversa, perguntei à pequenita:

- Ficaste satisfeita com a resposta?

Lançou-me um sorriso tamanho do mundo e sorrimos as duas ...

 

Um grande beijinho para os meus amiguinhos...

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Vale a pena ser simples

 

"A simplicidade cresce no interior de quem não se coloca acima do próximo".

Actualmente há quem confunda simplicidade com alguma estupidez natural, ou com ausência de objectivos...não há nada de mais errado, ser simples é viver de acordo com os seus valores e ideais, indo até ao fim por eles, ser simples é valorizar o pormenor, estar perto de quem é realmente importante e ajudar o próximo de forma desinteressada.

Porém a intoxicação informativa vai criando um lixo psicológico nas nossas mentes, que nos impede de ver e valorizar o que realmente importante e simples( apreciar o pôr-do-sol, a brisa do vento, o chilrear dos pássaros, o riso das crianças).

Ser simples é optar por ouvir  o nosso coração, é não seguir o caminho mais fácil, mas aquele que vai ao encontro dos nossos ideais, é ser solidário e por de lado o egocentrismo.

Simples, são as crianças, que nos dizem coisas de encantar...

Conversa numa Escola Básica no Porto:

Estava a contar às crianças que tinha vindo de Alcobaça e que não podia estar ali mais tempo a contar histórias, pois ainda tinha uma viajem muito grande para fazer, quando uma criança me questionou:

- Então mas tu não vieste de varinha mágica? agora é só fazeres perlimpimpim e voltas para casa...

Para as crianças é tudo tão simples, "descomplicado" e  mágico...é  por isso eu gosto tanto de aprender e conversar com elas.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin